Os Illuminati de Baviera

image598

Adam Weishaupt fundou os Illuminati de Baviera em 1 de maio de 1776, com a intenção de transmitir uma iniciação e transformar este um mundo melhor. 

A pesar de que os Illuminati de Baviera se estenderam por toda a Europa e tiveram por membros homens de grande prestigio (Goethe, Herder…), Weishaupt, perseguido pelos conservadores de seu tempo, teve que fugir da Baviera em 1785, para de longe observar inerte como os Illuminati eram exterminados e como a sua obra não cumpria seus objetivos. Morreu no exílio em 18 de novembro de 1830.
 

Adam Weishaupt

Não obstante, o Rito dos Illuminati de Baviera com seus treze graus de iniciação e sua filosofia de ação terminaram por influenciar, em décadas posteriores, não só ordens esotéricas da Tradição Ocidental mas, além disto, o socialismo, o comunismo e o anarquismo, como  reconhece o ilustre historiador do anarquismo: Max Nettlau.

Somente na primavera de 1995, Gabriel López de Rojas, fundou a Orden Illuminati na Barcelona (Espanha), quer dizer, duzentos e dezenove anos depois da fundação dos Illuminati bávaros. E, da mesma forma que Weishaupt, ele teve como aspiração transmitir uma iniciação e conseguir transformar este mundo em algo melhor. Apesar disto, desde a data da fundação os ataques de seus inimigos (conservadores, nazis, integralistas…) não cessaram. 

A Ordem Illuminati se encontra hoje em mais de 25 países, transmitindo a centenas de interessados uma iniciação que elimina “cadeias” escravistas, que permite descobrir a verdadeira grandeza interior e que entrega as ferramentas necessárias para que o próprio iniciado possa se transformar e transformar o meio ambiente.
 

Seu Sistema de iniciação se denomina “Rojismo” e se estrutura em duas ordens (a Ordem Illuminati e a Sociedades OTO) e no dos Ritos de ambas: o Rito Operativo dos Iluminados de Baviera da Ordem Illuminati e o Rito Operativo de Memphis-Misraïm das Sociedades OTO. 

A Ordem Illuminati e o “Rojismo” dão importância a pilares fundamentais da iniciação como o desejo verdadeiro, a vontade, o despertar da consciência do homem “adormecido”, o respeito pelos ciclos e a ordem, a coerência; a vias tradicionais de iniciação (yoga, tantra, cábala, simbolismo, alquimia); e a transformação do iniciado por meio do trabalho operativo na própria divinidade pessoal, no andrógino divino, no andrógino alquímico, sempre buscando  projetar no exterior a sua evolução interna. 

Na Ordem Illuminati e no “Rojismo”, também é importante a figura do deus da Luz, Baphomet. Sobre ele, se deve ter uma idéia básica: só com Baphomet a iniciação é completa. Com os deuses escravistas, com seus “grilhões”, etc., o trabalho iniciático está “castrado” e a iniciação completa não é possível. 
 

A Filosofía Rojista coroa a Ordem Illuminati e o “Rojismo”, com sua mensagem igualitária e libertária, sendo a filosofía da ação, que reformula o socialismo e converte a Ordem Illuminati e o “Rojismo” em numa sociedade moderna. Em última instância, a psicologia científica também é a ferramenta que permite compreender a evolução gradual para os iniciados de alto grau.

Na Ordem Illuminati e no “Rojismo”, o iniciado evolui desde o idealismo esotérico e iniciático indemonstrável até o materialismo, a negação absoluta da existência de deus, o ateísmo, o pensamento ateu, a ciência, o rigor…

A maçonaria, os rosa-cruzes, os templários… também partem do idealismo, porém, em contraposição à Ordem Illuminati e ao “Rojismo”, permanecem nisto eternamente, conduzindo seus membros a “céus” fictícios e a irrealidade mais absoluta.
 

A Ordem Illuminati e o “Rojismo”, não obstante, respeitar a tradição maçônica, rosacruz, templária…, que, de certa forma a fazem como sua em suas iniciações e ensinamentos,  em contrapartida, rejeitam a grande maioria de estruturas organizativas dos maçons, dos rosacruzes, dos templários (ordens, lojas, Obediências…), por considerá-las um idealismo esotérico e iniciático que tem como ponto de vista final o já mencionado “céu” fictício e a irrealidade mais absoluta. 

Dito isto, finalizamos dizendo que a Ordem Iluminati da Baviera admite em seu seio a pessoas de todas as classes sociais, raças, culturas, religiões, que tenham uma vontade sincera de receber uma iniciação, de evoluir em todos os níveis e de projetar essa evolução para um mundo melhor, numa Nova Ordem Mundial, mais justa e livre.
 

filipeta

 

image5KM