A MENTE CEGA

por Orual Ojellav

17022264_1576566692372140_5146427439900559575_nDe que adianta ter bons olhos quando a mente não enxerga?
Se a consciência está limitada ao banal, ao cotidiano?
Se não há sonhos ou anseios e nem perseverança?
Se o espírito está amarrado com os grilhões da ignorância?
E pior ainda, quando o ego toma as rédeas da insensatez?
Momentos de reflexão são necessários.
Sair por instantes do invólucro da matrix e perceber a realidade.

A maioria não vive…dorme.
A vida para muitos é possessão, é gozo.
Para outros é sofrimento e privações.
Tudo se relaciona ao material, ao dinheiro, ao poder.
A Natureza humana está relacionada com isso desde os primórdios da colonização do planeta.
Multidões são como gado marcado.
Na ilusão de serem livres não percebem que são escravos.
Sim, qual boi indo para o matadouro.

Acreditam que são livres, mas estão presos à matrix.
Deixam-se seduzir pelos sonhos de riqueza.
Os prazeres terrenos de um paraíso em decadência…
São explorados pelos comerciantes da fé.
Assumem os valores do que a sociedade corrompida impõe como padrão.
São verdadeiros marionetes sob o jugo dos inescrupulosos.
Iludem-se e contentam-se com migalhas.
Aquilo que os poderosos permitem.
As festas populares como o carnaval.
Novelas, futebol, religiões…
Enquanto isso o tempo passa.

A vida, num piscar de olhos, se esvai.
Muitos chegam ao momento da despedida desta dimensão e nem se dão conta.
Viveram a vida sem a consciência devida dessa vida!
Muitos os chamados poucos os escolhidos…
Está na hora de despertar.
Olhemos nosso reflexo no espelho.
Vamos fitar nossos olhos físicos e enxergar nosso íntimo…
Nossa essência…
Perceber que somos seres divinos gerados à imagem do Criador.
Que a partícula divina de nossa existência infinita existe incrustada em nosso DNA espiritual.
O corpo físico é passageiro,
Nossa permanência no planeta é passageira.

Somos passageiros desta nave interplanetária chamada Terra.
Esta é apenas uma das jornadas.
Outras se foram, outras virão…
Mas também pode ser que esta seja a última oportunidade de despertar…
Entender que um dia a água pode retornar à fonte.
Mas para isso acontecer de verdade é preciso limpá-la.
Depurar nosso coração, purificar nossa alma.
Acabar com a cegueira da mente…
Simplesmente… despertar!”

.

(Orual Ojellav – Série Pensamentos – 28/02/2017)
Copyright © 1987–2018 Texto de Lauro Escobosa Vallejo ™ All rights reserved.
Imagem de www.amenteemaravilhosa.com.br/ ruben ireland

filipeta

Gostou do que leu? Então temos muito em comum…

imagickl-1024x510

.

Para maiores informações sobre o

Imagicklan – A Irmandade das Estrelas

Cklicke aqui