AROMAS QUE FALAM AO NOSSO CÉREBRO

aromaOs odores que respiramos atuam nos nossos centros nervosos e sensoriais e influenciam o nosso comportamento.

A este respeito uma experiência foi realizada junto de operários de uma conhecida empresa japonesa a ” Shimizu, Boston, S. Tecnology Center America Inc”.

O objetivo da experiência era determinar a influência dos aromas sobre o rendimento de trabalho dos funcionários.

Uma equipe de investigadores observou então os trabalhadores enquanto o sistema de ventilação exalava diferentes aromas. Constatou-se que enquanto o ventilador exalava:

✤ Aroma de alfazema – a taxa de erros diminuía 21%
✤ Aroma de jasmim – a taxa de erros diminuía 33%
✤ Aromas de limão – a taxa de erros diminuía 54%

No Japão um número crescente de empresas utilizam sistemas de saneamento de ar que dispersam odores. As essências podem variar segundo a hora do dia.Por ex. os funcionários poderão sentir aromas de limão pela manhã, aromas de flores a meio do dia e aromas do bosque no final da tarde.

O mesmo pode você fazer na sua casa e/ou escritório.

A hortelã pimenta é muito bom estimulante intelectual enquanto a laranjeira e a camomila favorecem o relaxamento

Poderá encontrar no mercado pequenos difusores caseiros. Deite algumas gotas de óleo essencial no recipiente (pode encontrar em diferentes lojas de produtos naturais) e ligue o aparelho.

Certifique-se que é mesmo óleo essencial e não apenas essência.

A essência é um composto aromático, o óleo essencial é extraído diretamente da planta e é a parte vital da planta tendo portanto elevado valor terapêutico.

Em menos de um quarto de hora agradáveis odores se espalharão por toda a divisão. Os seus colegas de trabalho saberão apreciar este gesto…

Aromaterapia: www.origem-ancestral.com

filipeta

.

sacerimag