Yogakrisnanda

JOSÉ RAMON MOLINERO 

Valladolid, na Espanha, em 8 de agosto de 1922 – São Paulo, 8 de setembro de 2.004

 

molinAinda na adolescência conheceu o ocultista Mário Roso de Luna, amigo de seu pai, que lhe ofereceria o primeiro ingresso no mundo mágico. Alguns anos mais tarde, muito jovem, iniciou-se em Alexandria, com o dervixe Al Aziz.

Voltou para a Espanha, por ocasião da Segunda Guerra Mundial e foi estudar Medicina. Em 1942, já com sua companheira Maritere, foi para Tanger, que era um centro de reunião de ocultistas. Lá sobreviveu como prestidigitador e formou um grupo de estudos psíquicos.

Depois foi para o Marrocos e para a Tunísia, onde encontrou seu próprio guru YOGABRAMANDA, de quem viria a receber seu nome místico YOGAKRISNANDA, que significa união com Krishna na bem-aventurança. Iniciou-se então como chelá yoga – discípulo que trabalha na construção do homem cósmico.

Reencontrou a sua companheira, que o aguardava na Espanha e, com ela, empreendeu uma viagem iniciática que duraria dez anos e na qual percorreria quarenta e nove países. Durante esses anos nasceram-lhes os três filhos. Para reunir o grupo familiar, MOLINERO voltou à Espanha, onde formou seus primeiros grupos de yoga. Mas, LO-MUSIN, seu Avatar, Mestre da Fraternidade Branca, o orientou para ir para a América do Sul.

MOLINERO foi primeiro para a Argentina, depois sucessivamente para o Chile e Uruguai, e, no caminho para a Venezuela, resolveu passar pelo Brasil. Chegando no Brasil por Porto Alegre, sentiu que era aqui que deveria radicar-se. E o fez na Cidade de São Paulo, trazendo também a sua família. Era 1956.

Quatro anos depois, em 1960, fundou o INSTITUTO CHELÁ IOGA, o primeiro de São Paulo dedicado exclusivamente a yoga.

A dificuldade de colocar ao alcance de seus discípulos os clássicos do ocultismo, instigou-o a fundar a Livraria MANDALA, em 1966.

A ORDEM DO LIMÃO BRANCO, era composta por seus discípulos e MOLINERO foi o SUPREMO GRÃO MESTRE.

Molin038O Ashram EL TELON, templo situado em um sítio próximo de São Paulo, onde preside cerimoniais com seus discípulos, foi edificado em 1976.

YOGAKRISNANDA orientou grupos de discípulos para o despertar do homem-cósmico, fez atendimento terapêutico individual, escreveu livros – mais de 40 – e produzia seus “objetos mágicos”, obras de arte que aliam ao prazer estético o desvendar de conhecimentos. Toda essa atividade era dirigida à construção do homem-cósmico, capaz de “como um deus pequeno” transmutar-se tal qual o universo se transmuta em seu caminho evolutivo, capaz de comunicar-se com as outras formas de vida, de ir ao encontro da divindade através da meditação e do “samadhi” e de abrir caminhos, através do mudra, do yantra e do mandala, pelos chakras cósmicos e portas interplanetárias.

No BRASIL, onde tinha seu Templo, e no mundo, por onde estão seus discípulos, YOGAKRISNANDA descobriu segredos, ofereceu ensinamentos alquímicos e orientou na busca do homem cósmico, sempre com energia e alegremente.

Ele dizia que o verdadeiro chelá não acredita em proibições. Quanto mais consciente, mais livre é o homem e a liberdade consiste na alegria de viver.

Dele já disseram que é “O ENFANT-TERRIBLE DA TURMA DO GURDJIEFF, OUSPENSKI, BLAVATSKY”.

Produziu muito esse guru bem humorado.

molin019Suas obras artísticas, Mário Schemberg classificou de objetos mágicos destinados a atingir os substratos arquetipais do homem moderno e libertar energias arcaicas do inconsciente.

Seus mais de quarenta livros constituem uma orquestra afinada, procurando que um com o outro se complementem, na orientação da aprendizagem e a iluminação no Chela Yoga.

Os livros estendem, a muitos, o que o grupo de discípulos tiveram o privilégio de receber nas aulas do Instituto Chela Yoga, nas cerimônias iniciáticas, no Ashram, na convivência cotidiana, onde YOGAKRISNANDA ensinou que é preciso viver plenamente e resgatar a liberdade primordial, onde o primeiro compromisso é consigo mesmo.

Aos discípulos que aspiram despertar o Homem Cósmico, onde Deus se manifesta, YOGAKRISNANDA orientou como tornar-se mago, vivendo os três mundos – o físico, o psíquico e o espiritual – de modo complementar e alquímico, transmutando-se tal qual o Universo se transmuta em seu caminho evolutivo.

YOGAKRISNANDA deixou nosso mundo em 8 de setembro de 2.004

filipeta

Textos do Mestre

moli“Tratei há tempos de uma enferma, que havia tentado o suicídio porque seu noivo não quis casar-se com ela; ante o ato dramático da tentativa de suicídio, interveio a família, e o noivo, sensibilizado, aceitou o matrimônio, logrando para sempre a esposa e o seu ideal. Não deveria ter sido feliz aquela mulher? Pois desde a noite de núpcias até nossos dias, já se passaram mais de vinte anos, esta mulher é uma neurótica, que constantemente consulta psiquiatras, sem conseguir sua cura, pois é aquele casamento a única origem da sua enfermidade”.

“Sede como a ave Fenix, sabendo renascer de vossas próprias cinzas, e aprendei com a natureza, onde a árvore morre e apodrece para criar o próprio adubo que a fortaleça; aprendei com os animais inferiores, que comem os próprios vermes, os próprios micróbios de seus abscessos, para fazer uma auto-vacina; e aprendei que uma das formas da felicidade é quando e triunfa, lembra-se dos fracassos anteriores ao triunfo, pois essa dor é como fogo no ferro; forja-o e lhe dá maior resistência”.

Prof. Molinero/Yogakrisnanda

49957699_17178856_b12f35b66dfa

“Ninguém é feliz por aquilo que  tem nem por aquilo que lhe falta.

A felicidade é uma ciência. Só é feliz aquele que aprende a ser feliz”.

Prof. Molinero/Yogakrisnanda

filipeta

.

porta aberta

Clicke na imagem para mais informações

kt