A DISTÂNCIA

imageIO2Os distantes um dia se encontram.
Basta para isso manterem dentro de si o leme de suas vidas.

A distância entre os que ‘des-amam’ deve ser mantida enquanto o amor necessitar de espaço para viver e se criar.

A distância une os mais necessitados de amor quando estes, sozinhos, se esquecem de seus planos sozinhos, solitários.

A distância une e separa os corações aflitos e os corações sem perdão. Ela dignifica o amor mais querido.

A distância ideal para corações que se amam está respondida na distância que suas almas precisam para crescer e ser cada vez mais perfeitas.

Uma boa alma é sempre suficientemente grande para conter um grande coração. E um grande coração é sempre suficientemente grande para conter a alegria necessária para manter um amor vivo e feliz. O verdadeiro amor.

Por isso, ao distanciar-se de alguém não esqueçais das virtudes necessárias para que o amor sobreviva.
Não esqueçais que a vida prepara as almas para o amor. E o que amor só sobreviverá se for regado com carinho, com alegria e destemor.

A distância só importará quando for um verdadeiro empecilho para o fim de um grande amor.

Um grande amor sobrevive a tudo. Não será a distância que apartará duas almas gêmeas.
Nem o tempo. Nem as circunstâncias. Nem nada.

O verdadeiro amor é superior a tudo. Mesmo à aparente solidão e à frigidez da distância.

filipeta

.

sacerimag

49957699_17178856_b12f35b66dfa