Amigas ou Rivais

18mindspan-articleLargeJá faz algum tempo eu e minha família, juntamente com o Juan, nosso grande amigo xamã, fomos a um baile de gala beneficente no Jóquei Clube.

Era uma festa muito animada e estávamos todos muito elegantes, modéstia a parte, eu e minha sogrinha estávamos lindas.

Na mesa, a nossa frente, sentou-se um cara com duas meninas “muito alegres”, vestidas com certo exagero erótico, isto é, vestido muito curto e sandálias salto 15 com tiras amaradas até os joelhos,. Eram loiras e pareciam as “paniquetes”.

Uma delas não parava de olhar para o meu marido, ela chegou a sentar de lado na cadeira para olhar para a nossa mesa. Era tal sua falta de “simancol” que até meu marido, que não vê maldade em nada, percebeu.

Mas como toda boa bruxa meu grilo da sabedoria falou ao meu ouvido: ela não quer o seu marido, ela quer lhe fazer ciúmes. Então resolvi testar a sabedoria do grilo, levantei e fui até o banheiro, mas ao invés de entrar no banheiro fiquei no fundo observando a tal garota, que do momento em que eu levantei e sai não olhou uma única vez para trás e chegou a virar sua cadeira para a frente.

Então dei um sorriso pensando em meu grilo falante e retornei para o meu lugar. Assim que cheguei novamente na mesa a dita cuja novamente vira sua cadeira de lado e volta a olhar para o meu par.

Assim que ela levou os olhos para mim, acho que para ver se eu faria cara feia, eu sutilmente lhe joguei um beijo carinhoso com meus lábios. Ela ficou possessa, fez cara de brava, virou sua cadeira para frente e durante toda a noite não olhou mais para trás.

Fiquei com pena, pois acho que elas não sabiam que o baile era de gala e deviam estar se sentindo como um peixinho fora d’água perto de tantas mulheres bem vestidas.

Quando estamos por baixo atacamos para nos sentir por cima.

Moral da história: Porque temos que ser sempre superiores às outras, porque não aceitamos o fato de que somos diferentes e nem por isso menores, vejo o exemplo do trânsito, na maioria das vezes que não ganhamos passagem tem uma mulher a frente do volante.

Penso que se os homens decretassem guerra contra as mulheres, seriamos extintas, pois ao invés de nos unirmos e mandar chumbo neles, ficaríamos brigando para ver quem ficaria com a bazuca, as granadas e as bombas de gás, principalmente se o cinturão de balas deixasse mais elegante a cintura de quem o usasse. Aí sim a guerra seria interna e talvez os homens nem precisassem mover um dedo, nós mesmo nos destruiríamos.

Gostaria de saber em que momento da história foi feita esta separação, pois acredito piamente que éramos muito unidas, uma sempre ajudando a outra, vivíamos todas como irmãs e todas tinham os seus afazeres e compreendíamos que cada uma tem um jeito diferente de ser bela e prestativa, nos arrumávamos e dançávamos a grande mãe Gaia, cada uma a sua dança e uma não menos bela do que a outra, apenas diferente.

Descobri pela observação que devemos sempre tratar os outros com muito amor, pois uma pessoa amorosa é admirada e quanto mais nos admiram mais lindas ficamos, pois os olhos quando miram atribuem beleza ao ser observado e o mesmo acontece no caso contrário, se formos más, nos tornaremos feias, é só questão de tempo, pois os olhos que nos observam jogaram más sementes que brotarão em nós.

E não falo só da beleza física, pois o brilho que nos molda e imanta vem de dentro de nós.

Eu aprendi a amar e sei que cada uma de minhas irmãs é de um jeito diferente de mim e das outras, mas quando as olho vejo tanta beleza, tanto brilho, eu as amo.

Ontem eu e minha amiga Betinha estávamos jantando, sentadas á mesa, e ela me disse: Inez você está brilhando. Engraçado, pois no exato momento que ela disse isto eu a estava contemplando.

Perceberam o que aconteceu? A beleza que pus nela retornou a mim pelo filtro de seus olhos.

Faça um pacto consigo mesma, esta é uma filosofia dos Kaunas, sempre que se sentir inferior a alguém observe qual é a qualidade que esta pessoa tem que você gostaria de ter e abençoe nela esta qualidade, pois assim, desta maneira, você passará a mensagem para o seu ser de que esta é uma qualidade boa, pois, se você está abençoando, é porque você a deseja. Tenha certeza de que, mais dia menos dia, essas qualidades serão parte sua.

Eu uso esta técnica para tudo, abençôo tudo aquilo que acho bonito, uma árvore, um carro, uma linda casa, crianças, uma pessoa linda que passe por mim.

Enfim abençoe todo o universo e sua vida automaticamente e muito antes do que você imagina, se tornará uma benção.

Namastê

filipeta