A Volta ao Céu

(por Orual Ojellav)

ZULEla veio pura,
isenta de máculas.
Amor pleno,
Essência Divina.
Caída do Paraíso Celeste,
ao comando da Luz…

Com seu jeito carinhoso foi conquistando.
Penetrou em meu seio suavemente
Arrebatando meu ser plenamente.

Com sutileza e o incondicional amor.
Continuamente absorvendo o negativo
Limpando minha aura,
aliviando a dor.

Nos momentos tristes e vazios
Lá vinha ela em mim se roçar,
Conseguia me distrair,
Atenuar meus soluços,
E, finalmente, me acalmar.

Com suas peripécias e brincadeiras.
Sempre pronta, alerta a tudo.
Companheira de todas as horas
Simplesmente Sabrina.

Agora está em outra dimensão
Resgatou minh’ alma
Entregou sua matéria para o despertar
Cumpriu sua missão.
Transmutou a energia cósmica uma última vez

Deixou um vazio em mim,
Foi a forma de me ensinar,
Mostrar a realidade objetiva.
Uma última lição,
Um último adeus, e…
…voltou ao céu.

(Orual Ojellav – Série Poesias – 14/09/2019)
Copyright © 1986–2019 – Texto de Lauro Escobosa Vallejo™ – All rights reserved

Imagem de “fhop

r

filipeta

irmandade e

Imagicklan – A Irmandade das Estrelas: http://www.imagick.com.br/?page_id=28

Comentários desativados em A Volta ao Céu