VIAGEM DO SER

 (por Orual Ojellav)

vvv“O viver é uma constante avalanche de desafios.
A vivência na qual nos encontramos é passageira.
Somos viajantes participando de uma teia interdimensional.
Do denso ao sutil…
A nave Terra nos acolhe e nos ensina.
Aprendemos a todo instante.
Alegrias e tristezas. Derrotas e vitórias.
Sentimentos à flor da pele, calando fundo no coração.

Nossos semelhantes interagem e agregam.
Tudo é proveitoso.
O importante é a maneira como tratamos nossos próximos.
É a mesma forma que gostaríamos que nos tratassem?
Sejam estes amigos ou não?
Mais importante ainda é como nos comportamos nas perdas ou derrotas.
Entramos em desespero ou depressão?
Ou sacudimos a poeira e damos a volta por cima?

Gosto muito de citar a frase do Pablo Picasso:
’- Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela,
mas há aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol.’
Em qual dos perfis acima nos encaixamos?
O sucesso ou a vitória, se constroem nas experiencias do cotidiano.
Somos o que pensamos ser que somos.

Temos consciência da forma que emanamos nossos pensamentos?
Temos disciplina e controle sobre nossas palavras e atitudes?
Saber querer, saber ousar, saber esperar e saber calar.
São os princípios básicos da magia da vida.
Temos controle de nosso eixo vital? Onde estou, o que estou fazendo ou falando?
Exercício fundamental para manter-nos inteiros e presentes.
Criando a nossa realidade objetiva.

Muito tenho escrito, sobre o despertar da consciência.
O momento é aqui e agora.
Não deixemos para amanhã.
Devemos assumir nossa essência em comunhão com o Todo.
Olhar no espelho pela manhã e ver o que realmente somos.
Deixar de lado as máscaras que nos escondem e traem.
Chega de enganar a nós mesmos.

Assumir com humildade a nossa Divina Presença Eu Sou.
Pois é, somente, quando nos despojarmos dos sentimentos mundanos e negativos,
que estaremos aptos para transcender a outras dimensões mais sutis.
O retorno à origem.
A pureza do viver infinitamente.
A leveza do ser sutil.
O fim da viagem?
Ou o transbordo para outra nave?
Temos que ter em mente que a passagem é estreita…

Isso é a transcendência do ser.
O verdadeiro despertar.
Eu sou Luz!
Eu sou o centro!
Eu sou!“

.

 

(Orual Ojellav – Série Pensamentos – 14/08/2019)
Copyright © 1986–2019 Texto de Lauro Escobosa Vallejo™ All rights reserved.
imagem de WordPress.com “ A Luz é Invencível”

Comentários desativados em VIAGEM DO SER