O Mistério de Gobekli Tepe

Top-Ten-Turkey-Gobekli-TepeO Gobekli Tepe na Turquia é composto de maciços megalitos de pedra que antecedem Stonehenge por cerca de 6.000 anos.

Quando o local foi pesquisado pela primeira vez por arqueólogos de Istambul, pensaram ser pouco mais que um cemitério medieval abandonado.

Em 1994, o arqueólogo alemão Klaus Schmidt reexaminou o local e descobriu que era mais extraordinário. Ele descobriu uma série de pilares de pedra calcária em um círculo contendo representações artísticas de leões, touros, aranhas, escorpiões, cobras, gazelas e burros entre outras criaturas.

Gobekli-Tepe-T-shaped-pillarsEle também encontrou uma abundância de ferramentas de pedra e ossos esmagados de animais e humanos. Baseado na comparação entre artefatos no local e artefatos encontrados em outros locais com datas de radiocarbono conhecidas, ele determinou que foi construído durante o Paleolítico final, quando a região ainda era habitada por caçadores-coletores.

Durante a escavação, Schmidt e seus colaboradores não encontraram nenhuma evidência de habitação regular.

Não havia lareiras, poços de lixo ou outras características que indicassem que as pessoas viviam lá a longo prazo. Com base nesta evidência, ele e outros arqueólogos concluíram que o local não era um local de habitação regular, mas que tinha uma função especial, talvez religiosa. Schmidt, na verdade, acredita que era um templo.

gbekli-tepe-turkeys-stonehenge-but-at-least-7000-years-older-120465Não havia lareiras, poços de lixo ou outras características que indicassem que as pessoas viviam lá a longo prazo. Com base nesta evidência, ele e outros arqueólogos concluíram que o local não era um local de habitação regular, mas que tinha uma função especial, talvez religiosa. Schmidt, na verdade, acredita que era um templo.

Gobekli-Tepe-StonehengeO arqueólogo Klaus Schmidt acredita que este é o mais antigo local de culto humano – pelo menos 11.000 anos de idade – construído em uma época em que os cientistas dizem que as pessoas nem sequer haviam desenvolvido a agricultura.

O arqueólogo da Universidade de Stanford, Ian Hodder, disse à revista Smithsonian que as estruturas pré-históricas de Gobekli Tepe poderiam mudar a maneira como a ciência vê a cultura pré-histórica.

maxresdefault“A pesquisa é clara, não há dúvida sobre isso”, disse Schmidt em entrevista à rádio Red Ice Creations .

Com uma combinação de datação por carbono e usando a idade das estruturas vizinhas, Schmidt está confiante de que Gobekli Tepe tem pelo menos 11.000 anos de idade.

Mystery-Gobekli-Tepe-building“O fato espantoso é que não esperávamos que uma sociedade de caçadores-coletores pudesse administrar uma operação desse tipo para transportar um megálito”, disse ele.

Com varreduras de radar de penetração no solo, Schmidt e sua equipe determinaram que pelo menos outros 16 anéis de megálitos ainda estão debaixo da terra em 22 acres, de acordo com o artigo de 2008 da Smithsonian. 

 Gravados nos megálitos estão imagens de abutres, aves aquáticas, aranhas e muitas outras criaturas.