Case

Paul Foster Case

Clarke Paul Foster Case bl(3 de outubro de 1884,em  Fairport, Nova York  – 2 de março de 1954, Nova York )

Foi um ocultista americano do início do século 20 e autor de numerosos livros sobre o tarot oculto e Qabalah. 

botacubeTalvez suas maiores contribuições para o campo do ocultismo fossem as lições que ele escreveu para membros associados de Builders Of The Adytum ou BOTA. 

As palestras de conhecimento fornecidas aos membros iniciados dos graus internos do BOTA foram igualmente profundas, embora a distribuição limitada os tenha tornado menos conhecido.

Seu pai era o bibliotecário da cidade e um diácono na igreja local da Congregação . 

Quando ele tinha cinco anos, sua mãe começou a ensiná-lo a tocar piano e órgão, e mais tarde em sua juventude, Case realizou-se como organista na igreja de sua família. Um músico talentoso, embarcou em uma carreira de sucesso como violinista e maestro de orquestra. Ele recebeu um doutorado honorário em música.

Untitled - 9Case foi atraído bem cedo para o ocultismo. Enquanto ainda era uma criança, ele relatou experiências que hoje se chamam sonhos lúcidos . Ele se correspondia sobre essas experiências com Rudyard Kipling, que o incentivou quanto à validade de suas atividades paranormais.

No ano de 1900, Case conheceu o ocultista Claude Bragdon, ocasião em que ambos estavam se apresentando em uma performance de caridade. 

Bragdon perguntou a Case o que ele pensava sobre o significado das cartas de Tarot.  Depois de pesquisara questão na biblioteca de seu pai, Case descobriu uma referência sobre para o tarot, chamado ‘The Game of Man’.  Assim, começou o longo estudo sobre o tarot e que o levou à criação do deck de tarot BOTA, que Case chamou de versão “corrigida” das cartas Rider-Waite.

Entre 1905 e 1908 (de 20 a 24 anos), Case começou a praticar ioga, e em particular o Pranayama, de fontes publicadas e que estavam disponíveis. Suas primeiras experiências parecem ter causado algumas dificuldades mentais e emocionais e deixaram-no com uma preocupação vitalícia de que a prática “oculta” deve ser feita com orientação e treinamentos adequados.

ramaNo verão de 1907, Case lê The Secret of Mental Magic , por William W. Atkinson (também conhecido como Ramacharaka), que o levou a corresponder com o então novo autor de pensamento popular. 

Muitas pessoas especularam que Case e Atkinson eram dois dos três autores anônimos do The Kybalion, um texto filosófico influente, embora a introdução de uma edição do The Kybalion, lançada em 2011, tenha apresentado evidências consideráveis para Atkinson como o único autor do livro.

Mas foi numa reunião nas ruas de Chicago, em 1909 ou 1910, que mudou o curso de sua vida. “Dr. Fludd”, um proeminente médico de Chicago se aproximou do jovem Case e saudou-o pelo nome, afirmando ter uma mensagem de um “mestre da sabedoria” que, segundo as palavras do médico: “é meu professor, bem como o seu “.

O estranho disse que a Case estava sendo oferecida uma escolha. Ele poderia continuar com sua carreira musical bem sucedida e viver confortavelmente, ou poderia dedicar-se a “servir a humanidade” e assim desempenhar um papel na próxima era.  A partir desse momento, Case começou a estudar e formular as lições que serviram como currículo básico do “Builders Of The Adytum“, escola de estudo do tarot e da Qabalah que ele fundou e que continua existindo até hoje.

Tarot-TableauEm 1916 Case publicou uma série inovadora de artigos sobre o “Tarot Keys”, intitulado “The Secret Doctrine of the Tarot”, na popular revista de ocultismo “The Word”. Estes artigos despertaram o interesse na comunidade oculta ao buscar organizar e esclarecer o que anteriormente estava confuso e divulgado como estranhas doutrinas ocultas sobre o significado dos cartões de tarô.

Em 1918, Case conheceu Michael James Whitty (que morreu em 27 de dezembro de 1920 em Los Angeles, Califórnia), que era o editor da revista “Azoth” e se tornaria um amigo íntimo dele.

Whitty estava servindo como o “cancellarius” (tesoureiro / gerente de escritório) para o “Thoth-Hermes Lodge” em Chicago, que era um dos braços do Alpha et Omega (AO). 

Convocação RosacruzAlpha et Omega foi a organização sucessora da Ordem Hermética da Golden Dawn, fundada em 1906 pelo SL MacGregor Mathers, após o desaparecimento do Golden Dawn em 1903. Whitty convidou Case para se juntar ao “Thoth-Hermes”, que era o estabelecimento direto americano sob a mãe do AO que ficava em Paris. Case juntou-se e rapidamente mudou as iniciações nas notas Rosicrucianas (Ordem Rosacruz Verdadeira e Invisível).

Whitty republicou contribuição de Case das cartas do Tarot (com correções) na revista Azoth. Naquele mesmo ano, Case tornou-se o “sub-praemonstrator” (assistente chefe de instrutor) no Thoth-Hermes Lodge. 

jamesTambém durante esse ano, ele terminou um conjunto de artigos sobre as “Origens Rosicrucianas Místicas de Fausto’ e publicado por Whitty. No ano seguinte, ele começou a se corresponder com o Dr. John William Brodie-Innes (Fr. Sub Spe).

Entre 1919 e 1920, Case e Michael Whitty colaboraram no desenvolvimento do texto que mais tarde seria publicado como “The Book of Tokens” . Este livro foi escrito como um texto recebido, seja através da meditação, escrita automática ou outros meios.

Em 16 de maio de 1920, Case foi iniciado na segunda ordem do “Alpha et Omega”. Três semanas depois, de acordo com a revista bioética “Hermetic Order of Golden Dawn”,  ele foi nomeado terceiro Adepto.

Em dezembro de 1920, Michael Whitty morreu. O Case acreditava que os problemas de saúde de Whitty eram atribuíveis aos perigos que surgem ou podem surgir na prática da magia enochiana. Mais tarde, ele se correspondeu com Israel Regardie sobre essas preocupações.

moinaComo sua colega britânica, ocultista e mais tarde correspondente, Dion Fortune, Case meteu-se numa controvérsia com Moina Mathers (1865-1928) no início da década de 1920.Talvez por causa de seu rápido avanço nos graus da ordem, Case provocou algum ciúme entre os outros adeptos. Além disso, outros podem ter pensado que alguns de seus ensinamentos eram inadequados. 

Em 18 de julho de 1921, Mathers escreveu a Case sobre as reclamações que recebera sobre alguns de seus ensinamentos. Aparentemente, Case havia começado a discutir os temas do simbolismo sexual e da magia do sexo, que na época não tinham um lugar oficial no currículo da ordem. Não existem conferências sobre o assunto, mas as práticas sexuais já eram ensinadas na Golden Dawn desde uma longa data. Em sua correspondência com Case, Moina escreveu: “Vi os resultados desse ensino superficial do sexo em várias sociedades ocultas, bem como em casos individuais. Nunca encontrei um resultado feliz”.

paul_caseMas para Case, a sexualidade tornou-se um assunto cada vez mais importante. Em seu “Book of Tokens”, uma coleção de meditações inspiradas sobre as 22 lâminas dos Arcanos Maiores do Tarot, Case comenta sobre a função sexual: “Você deve alterar completamente a sua concepção de sexo para compreender a Sabedoria Antiga. É o interior nervoso do organismo, e não os órgãos externos, que é sempre significado no simbolismo fálico, e a força que funciona através desses centros interiores é o Grande Agente Mágico, o fogo divino da serpente”. Em suas obras, “The True and Invisible Rosicrucian Order e The Masasonic Letter G”, ele escreve sobre certas práticas envolvendo o redirecionamento da força sexual para os centros superiores do cérebro, onde a experiência de estados supersensivos de consciência torna-se possível.

lili geiseAlguns membros também se queixaram de um relacionamento pessoal entre Case e uma soror, Lilli Geise. Case confessou o assunto a Moina: “O Hierophantria e eu fomos observados trocando olhares significativos sobre o altar durante o Repouso místico… Minha consciência me absolve … Nossa relação um com o outro não nos submetem a nenhum outro juiz do que aquele Senhor do Amor e da Justiça a quem todos adoramos”. Com o tempo Case casou-se com Geise, que morreu alguns anos depois.

Talvez a correspondência de Moina também tenha abordado uma área sensível para Case. Em sua carta de 18 de julho, ela diz a Case: “Você, evidentemente, chegou a um ponto em seu Caminho místico, onde parece existir certas trilhas cruzadas. O artista em você, que eu reconheço e com quem eu simpatizo profundamente, provavelmente escolha aprender a verdade através da alegria e beleza da vida física”. 

Ela continuou: “Vocês que estudaram os Panteões, você conhece aquele Deus encantador, o Celus Angus, o eternamente Jovem? Aquele que às vezes é chamado de Senhor da Terra do Desejo do Coração?” Angus salvou Etain, a Lua, que tinha sido transformada em uma mosca dourada. Mas Etain teve que escolher entre a existência corporal na terra dos mortais e a vida eterna”. 

moina mmEla continuou: “O artista em nós pode ter permanecido naquela terra por um momento. Mas você e eu, que seremos professores e pioneiros neste Mundo Purgatório, devemos estar preparados para que todos os deuses sejam os servos dos maiores… o Osiris, o Cristo, o Deus do Sacrifício do Eu”.

Moina pediu então a Case que renuncia-se a sua posição como Praemonstrator.

Case renunciou como Praemonstrator, respondendo a Moina, “Não tenho vontade de ser um professor e pioneiro neste Mundo Purgatório. A direção parece ter me afastado do lugar alto para o qual eu realmente nunca aspirei. O alívio é ótimo “.

Aparentemente, Case já havia começado a trabalhar na criação de uma escola de mistério própria – a “School of Ageless Wisdom”, que mais tarde se tornou na “Builders Of The Adytum”.

No verão de 1921, Case afirmou ter recebido um telefonema de “The Master Rococzy” (ou Rakoczy, (Rákóczy ou Rákóczi), também conhecido como “Conde de St. Germain” ou “Master R”), uma personalidade misteriosa, mas com poucos são registros reais. 

masterCase, mais tarde, conheceria Master R. pessoalmente no antigo Waldorf-Astoria em NYC (Madison e Lexington Avenues at 43rd Street). O “Adytum News” descreveu assim: “Um dia o telefone tocou e, para sua grande surpresa, a mesma voz que o instruíra internamente em suas pesquisas por muitos anos falou com ele no telefone. O mestre R. lhe disse: “Venha pessoalmente a Nova York com o objetivo de preparar-se para começar a próxima encarnação do “Caminho Qabalístico do Retorno”…

Depois de três semanas de instrução pessoal com o Mestre R., os Builders Of The Adytum foram formados. A história é contada mais detalhadamente na biografia de Case de Paul Clark.

b696fc01d7b10f816d0ed7fd44744483--tarot-musiciansCase também supostamente recebeu outras comunicações do Master R. O primeiro conjunto de comunicações resultou em “The Book of Tokens” , um conjunto de meditações sobre o Tarot. Outras, muito mais extensas, foram supostamente recebidas cerca de vinte e cinco anos depois por Case, juntamente com as esposas Ann Davies e Harriet, e foram publicados em 2013.

Após Case deixar a “Alpha et Omega”, ele perseguiu vigorosamente a organização de sua própria escola de mistério. No verão de 1922, a Case juntou seus primeiros trabalhos preparando um extenso curso por correspondência. Em um ano, abrangeu o que o BOTA cobre atualmente em mais de cinco anos. Alguns desses materiais foram recentemente publicados. Ele chamou o curso “The Ageless Wisdom”. Em 1923, o Case fundou a “The School of Ageless Wisdom”, provavelmente em Boston.

Depois de alguns anos mudou-se para Los Angeles, abandonando, de uma vez por todas, sua carreira como músico e estabeleceu os “Builders Of The Adytum” (BOTA). 

baAinda existente hoje, a BOTA afirma ser uma autêntica escola de mistério. Durante as próximas três décadas, Case organizou o currículo de lições de correspondência que cobrem o que se chama “Tradição do Mistério Ocidental”: tarot oculto, Qabalah e alquimia hermética.

Na revista “Roda da Vida”, em março de 1937, Case descreveu o relacionamento da BOTA com o Golden Dawn e suas crenças sobre o uso do material de Enoch .

MacGregor_Mathers__Moina_Mathers_Golden_DawnBOTA é um concorrente direto da Golden Dawn, mas seu trabalho foi purgado de toda a magia perigosa e duvidosa incorporada ao currículo do Golden Dawn pelo final do SL MacGregor Mathers, que foi responsável pela inclusão dos cerimoniais baseados no trabalho de Sir Edward Kelly .

Ele escreveu: “Há muito nestes rituais e cerimônias Golden Dawn que são de maior valor, mas desde o primeiro ano até o final é todo viciado por esses elementos perigosos tirados de Dee e Kelly. Além disso, em muitos lugares, o trabalho prático é não fornecido com salvaguardas adequadas, de modo que, para o conhecimento pessoal do presente escritor, um operador que trabalha com os rituais [do Enochian Golden Dawn] corre riscos muito graves de quebrar seu organismo físico ou de obsessão por entidades doentias “.

18206820O Dr. Paul Clark, em seu livro sobre Case, menciona seu próprio exame sobre os manuscritos originais nos quais Mathers fundou os rituais Golden Dawn da primeira ordem.Clark descobriu que os “manuscritos cifrados se referem a um conjunto de resumos dos “Manuscritos Velhos”, mas não especificam o nome de Dee ou Kelly. Mather tinha feito muitas pesquisas no Museu Britânico, onde os manuscritos de Dee eram guardados.

Case morreu enquanto estava de férias no México com sua segunda esposa, Harriet. Suas cinzas se encontram no “Forest Lawn Memorial Park” em Glendale, Califórnia .

De acordo com um “Relatório da morte de um americano” do Departamento de Comércio Americano datado de 5 de março de 1954, Case foi cremado no México e suas cinzas dadas a sua esposa Harriet Bullock Case. Ao retornar à sua casa em Los Angeles, Califórnia, as cinzas de Case foram enterradas no “Haven of Peace Plot”, 

Harriet morreu em 24 de março de 1972 em Los Angeles e foi enterrada ao lado de Paul Foster Case.

Untitledjmm - 8

titulo Ok

.

filipeta

Gostou do que leu? Então temos muito em comum…

imagickl-1024x510

Para maiores informações sobre o

Imagicklan – A Irmandade das Estrelas

Cklicke aqui

titulo Ok