Elisabete Beu

0bh1Sempre gostei deste lado meio oculto e misterioso do espírito humano.
 
098Durante minha vida frequentei centros de estudos, li muitos livros, conheci médiuns, viajei, sem encontrar a resposta que buscava, faltavam informações.
 
Um dia, lá pelos idos de 95, visitei pela primeira vez o Imagick. Era ainda na Rua Frederic Chopin, em São Paulo. Alguém havia indicado ao Cotrim, meu marido, um lugar interessante, que valia a pena conhecer.
 
Ele foi, participou de uma atividade, gostou e entusiasmado, contou um monte de coisas convidando-me para acompanhá-lo no próximo curso que seria ministrado dali a uns dias. Curiosa, mas um pouco desconfiada, eu o acompanhei. Não sou uma pessoa que se deixa influenciar pela opinião dos outros, gosto de ter as minhas próprias.
 .
.
0bh2Assim, posso dizer a vocês que aquela foi uma experiência muito agradável que despertou lembranças há muito adormecidas dentro de mim. Rapidamente entrei em sintonia com o ambiente e quis me integrar a tudo aquilo, senti que precisava fazer parte daquele conjunto. Era a minha turma. Resumindo: fiquei…
 
Hoje sou membro ativo e compromissado do Imagicklan, frequento com muito prazer e alegria todas as suas reuniões; vou sempre para a Cidade das Estrelas, em São Thomé das Letras, até mesmo quando não há nenhuma atividade programada, só pelo prazer de estar lá; faço, na medida do possível, todos os cursos, inclusive as reciclagens. 
 
O Imagick representa um marco significativo em minha vida. A partir dele descobri dentro mim muitas coisas que estavam esquecidas, valores que nem mesmo sabia que possuia. 
 
bh4
De vez em quando alguém me pergunta o que o Imagick significa para mim hoje, depois de tantos anos de convivência.
0bh6Eu costumo responder que  o Imagick, São Thomé das Letras e o Imagicklan, a Irmandade das Estrelas, me fazem lembrar que EU EXITO. No nosso dia a dia, em meio às atribulações da vida, somos jogados para o mundo exterior, para a periferia de nós mesmos. Ele é o meu espelho, um lugar onde eu tenho tempo para mim, ele me lembra de ver a Beth.
 
É por isto que eu não me canso de indicar o Imagick para os outros. Para que eles também tenham a chance de saber que existem, que são seres capazes, que podem ter e realizar suas verdadeiras vontades.
 
 

942671_535216036541019_1884026672_nElisabete Beu
 Membro Imagick n° 1.838 
Estilista e empresária de modas
é Magister Clarissimus da Irmandade das Estrelas
Comentários desativados em Elisabete Beu