Colman Smith

Corinne Pamela Colman Smith
(Pimlico, Inglaterra, 16 de fevereiro, 1878 — Srinagar, em 11 de maio de 1962)

   

 Foi a ilustradora de um dos tarots mais bem sucedidos, 
o Rider Waite. Porém, ela não recebeu o reconhecimento que esperava, 
nem a recompensa financeira que merecia. Mesmo assim suas cartas têm influenciado o desenho 
da maioria dos tarots da era moderna.

Seus pais eram Charles Edward Smith e Corinne Smith.

Ele era natural de Nova York e sua mãe era jamaicana. 

Ela nasceu em Pimlico, na Inglaterra, 
em 16 de fevereiro, 1878. 

 

Por sua etnia mista tinha uma aparência exótica. Durante sua infância viajou muito, pois seu pai era auditor da Companhia das Índias Ocidentais. 

Sua mãe morreu quando ela tinha dez anos e devido ao trabalho de seu pai, de quem ela ficou muitas vezes separada, juntou-se a um grupo de teatro companhia, o Lyceum. Este aprendizado dos tempos de sua adolescência influenciou profundamente seu trabalho. 

Quando tinha 15 anos voltou a reunir-se com seu pai, agora em Nova York, ocasião em que estudou arte com Arthur Wesley Dow, no recém-inaugurado Pratt Institute. 

Retornou para Londres em Junho de 1899 pensando em ter sucesso como uma artista e autora. Este foi um ano marcante em sua vida. Publicou quatro livros: A Vanity Gold, Bed Green, Widdicombe Fair, e Histórias Annancy. Os dois primeiros foram edições limitadas com impressões coloridas à mão. Stories Annancy consistia em contos folclóricos jamaicanos com desenhos de linha.

Também excursionou com a Companhia Lyceum e no verão, ela e seu pai, conheceram o pai de Willian Butler. Porém, pouco tempo depois, em dezembro, seu pai morreu.

Por esse tempo Pamela já era uma escritora publicada, coisa que abriu muitas portas na virada do século em Londres. Ela ilustrou livros para o poeta William Butler Yeats, e este, por sua vez, a introduziu na Ordem Hermética da Golden Dawn.

No momento em que Pamela foi admitida na ordem, esta estava prestes a se fragmentar. Muitos de seus membros estavam se rebelando contra seu presidente, MacGregor Mathers, que entre outras coisas, estava envolvido em uma suposta guerra mágica com o genial mago Aleister Crowley. 

A Ordem dividiu-se em várias facções. Alguns dos membros, incluindo Pamela, formaram a Ordem do Rito Retificado Independentes, liderada por Arthur Edward Waite. Ele estava trabalhando em um baralho de tarô novo e, ciente das habilidades de Pamela, pediu-lhe para ilustrá-los.

 O baralho foi publicado pela Rider and Company Sons em 1909 e tornou-se o Tarot de maior venda de todos os tempos. Quando as pessoas veem as cartas de tarot na mídia, as imagens mais frequentemente expostas são dele. 

 Mesmo as lâminas que ela pintou serem as que mais as pessoas associam com o tarot, ela não recebeu nada para fazê-lo. Não tem nem mesmo tem o seu nome citado no baralho.

O Rider-Waite é uma plataforma inovadora que possibilitou que o tarot chegasse até muitas pessoas. 

Os desenhos dos arcanos menores facilitam a compreensão destes.

As mudanças introduzidas por Pamela permitiram que os leitores não precisassem mais se lembrar do complexo numerológico ocultista e suas combinações. 

Muitos baralhos subsequentes usaram seus desenhos como base, às vezes apenas tematicamente, em outras, vergonhosamente copiando-os.

Pamela criou estas 78 lâminas em apenas 6 meses, entre Abril e Outubro de 1909. As ilustrações foram feitas em bico de pena e aquarela.

Após a I Guerra Mundial Pamela recebeu uma herança, e com ela alugou uma casa chamada “O Lagarto”, na Cornualha. Lá viveu com uma amiga, a Sra. Nora Lake, antes que ambas se mudassem para uma casa em Bude, em 1939.

Durante sua vida Pamela Colman Smith não procurou fama nem notoriedade. Tudo que queria era ser reconhecida pelo seu trabalho. Morreu em 18 de Setembro de 1951.

Depois da sua morte, todos os seus trabalhos foram vendidos para pagar as suas dívidas, deixando a Sra. Lake sem nada para se lembrar dela – nem mesmo uma lápide – Foi enterrada como indigente, num local ignorado.

 filipeta

imageU5F

O Tarot é mais que um simples jogo de adivinhação, ele é uma obra complexa que traz o resumo dos conhecimentos dos antigos:

kabala, astrologia, numerologia…

Este curso de Tarot ensina a base da simbologia e mostra como utilizar seu inconsciente para decifrar símbolos.

Ao final do curso o aluno estará apto para efetuar suas próprias leituras com êxito.

Primeira fase: Os Arcanos Maiores. – Instrutor: Arsenio Hypollito Junior